Os 5 sensores mais utilizados na indústria

sensores-wroma-baumer-nova

 

Os sensores são uma parte vital dos processos de automação de uma indústria. Seja para medição de distância, posição e velocidade, os sensores oferecem excelente performance com custo acessível, mesmo nas aplicações mais exigentes. São fáceis de instalar e otimizam a produção, economizando investimentos e realizando processos simples mas fundamentais para uma cadeia de automação.

O que é um sensor?

Os sensores são dispositivos que detectam entradas específicas de um ambiente físico. Por exemplo: calor, luz, pressão, material físico ou qualquer variável detectável. Desta forma, um sensor é programado para emitir uma saída assim que entrar em contato com a informação do ambiente físico onde se encontra. Um exemplo do uso de sensores no cotidiano das pessoas são as portas de elevadores, que com seus sensores fotoelétricos percebem a existência de uma barreira física e emitem a mensagem de não fechar a porta.

Na indústria, os sensores têm participação fundamental em processos de contagem de material, controle de direção de veículos, verificação de embalagens, mensuração do nível de fluidos e até mesmo em padrões de segurança do trabalho. Vamos conferir em detalhes quais são os 5 tipos de sensores mais utilizados na indústria.

Sensores indutivos

aplicacao-sensores-baumer-wroma-

Como o próprio nome indica, os sensores indutivos trabalham por indução eletromagnética. Eles detectam objetos metálicos que se movimentam em seu campo de medição, sem contato com o meio. Seu funcionamento se dá através de um circuito oscilante que gera um campo eletromagnético entre o sensor e o objetivo metálico a frente. Isso ocasiona uma alteração de nível na saída do oscilador que emite o sinal para uma central de controle.

Tipos de sensores indutivos.

Os sensores indutivos possuem variações quanto a formato, circuito de saída, ligação elétrica, distância de alcance, entre outras características. É importante encontrar um sensor indutivo ideal para o seu caso. Na questão de formato, podemos encontrar os sensores cilíndricos e retangulares, com algumas variações.

A Baumer possui diversos tipos de sensores indutivos projetados para diferentes necessidades, sejam elas de medição de distância e posição com maior ou menor precisão.

Vantagens dos sensores indutivos.

Os sensores indutivos possuem várias vantagens em relação aos sensores de contatos mecânicos. As principais são a durabilidade muito maior, em virtude de seu corpo ser conjunto sem partes móveis e com alta vedação e a precisão na detecção dos objetos.

Sensores capacitivos

sensores-capacitivos baumer wroma

São semelhantes aos sensores indutivos com a diferença de princípio de funcionamento, já que os sensores capacitivos baseiam-se na mudança da capacitância da placa detectora localizada na face sensível.

Sensores capacitivos detectam, sem contato e com precisão, materiais metálicos, não metálicos, transparentes, opacos, líquidos e sólidos, bem como também condutores e não condutores. Para evitar a comutação indesejada no caso de acúmulo de sujeira e umidade na superfície do sensor, foi incluído um eletrodo de compensação que neutraliza esses efeitos indesejados.

Esse versátil sensor é oferecido em uma ampla gama de formas e modelos, podendo ser muito fino e proporcionando economia de espaço.

Conhece as vantagens das chaves de nível? Veja aqui. 

Sensores Fotoelétricos

sensores-fotoeletricos-baumer-wroma

Os sensores fotoelétricos são dispositivos usados no processo de emissão e recepção de raios de luz infravermelhos e servem para detectar qualquer tipo de substância ou material, de acordo com o índice de reflexão ou difração. Esse processo pode ser realizado de três formas, variando conforme o modelo do sensor fotoelétrico:

  • Sensor Fotoelétrico Difuso: é um modelo dotado de um emissor e um receptor de luz acoplados lado a lado dentro de uma mesma unidade. O sensor é acionado quando o objeto entra na região de sensibilidade, refletindo para o receptor o feixe de luz recebido do transmissor. Conforme a cor, tonalidade e superfície do objeto a ser detectado a distância do sensor se altera.
  • Sensor Fotoelétrico de Barreira: o transmissor e o receptor estão em unidades distintas. Devem ser dispostos um de frente para o outro a fim de que haja a recepção do feixe transmitido e o acionamento ocorrerá quando esse feixe for interrompido pelo objeto.
  • Sensor Fotoelétrico Retro Reflexivo: no sensor retro reflexivo o transmissor e receptor estão em uma mesma unidade. O feixe de luz é enviado ao receptor somente por intermédio do espelho refletor. O acionamento ocorre quando o objeto a ser detectado interrompe o feixe entre o sensor e o espelho.

Os sensores fotoelétricos são bastante utilizados na indústria devido ao seu amplo campo de atuação, uma vez que apresentam diferentes tipos de variação e a capacidade de aplicação para detecção de variados tipos de material, cor, distância, marcas e transparência.

Sensores Ultrassônicos

sensores-ultrassonicos-baumer-wroma

O sensor ultrassônico é um modelo utilizado na indústria para medição de distância e detecção de posição de materiais granulados, fluidos e materiais em pó. Seu grande diferencial é a capacidade de medir variáveis como enchimento, curvatura e altura sem a necessidade de contato. Além disso, pode funcionar como contador e monitorador de objetos. Outra grande vantagem é que o sensor ultrassônico opera independentemente da cor do produto.

Sensores ultrassônicos são capazes de medir com precisão a altura de pilhas de tijolos, chapas de madeira ou de plástico colorido e lâminas de vidro, assim como qualquer outra pilha de produto.

Além desse sensor ser muito utilizado na indústria, atualmente é muito comum a aplicação de sensores para arduino, servindo tanto para medir distâncias quanto detectar a presença de objetos.

Interruptores de precisão mecânicos My-Com®

chaves-de-precisao-baumer-wroma

O My-Com®, produzido pela Baumer, é desde 1967 o interruptor mecânico mais compacto e preciso sem concorrente no mundo, com confiabilidade comprovada em todas as suas aplicações.

Os Interruptores My-Com® podem ter diversas aplicações típicas como a detecção de pontos de referência em mesas X/Y. E mais:

  • Controle da rugosidade das superfícies;
  • Monitoramento preciso de fechamento e bloqueio em equipamentos de moldagem por injeção;
  • Integração de sensores de medição, extremidades e indicadores;
  • Calibração de dispositivos de medição no controle de qualidade.

Além disso, o My-Com® é um interruptor projetado para uma vida útil capaz de realizar 10 milhões de operações e tem capacidade para disponibilizar sinais extremamente precisos para os mais diversos tipos de aplicação.