Entenda a importância do condutivímetro para a indústria

 

O condutivímetro é o instrumento responsável por medir a quantidade de corrente elétrica ou condutância em uma solução, sendo que esta condutividade é útil para determinar o estado geral de um recipiente composto por água natural. É também uma maneira de medir mudanças que podem ocorrer nos processos de tratamento de resíduos em estações de tratamento de água. Desse modo, o condutivímetro é um equipamento comum em qualquer estação de tratamento ou monitoramento de água, bem como em laboratórios ambientais, pois identifica e quantifica se o líquido analisado está misturado com algum outro líquido.

Como funciona um condutivímetro?

O condutivímetro é equipado com uma sonda portátil para medições em campo ou local. O funcionamento é simples:  depois que a sonda é colocada no líquido a ser medido, o medidor aplica uma tensão entre dois eletrodos, dentro da sonda. A resistência elétrica da solução causa uma queda na voltagem, que então pode ser lida pelo condutivímetro. O medidor converte esta leitura para milli ou micromhos. O valor medido indica o total de sólidos dissolvidos e o total de sólidos dissolvidos é a quantidade de sólidos capazes de passar através de um filtro de fibra de vidro. 

Tipos de condutivímetro

O uso do equipamento pode ser realizado em laboratório ou em campo, há formatos adequados para cada situação. Geralmente, existem três modelos de condutivímetro, e cada um apresenta a compensação de temperatura (0° a 100°).

 

  • Inline: O condutivímetro próprio da Baumer é o Inline. Esse modelo é capaz de medir a condutividade do processo na linha de produção, sem que ocorra a necessidade de parar ou retirar amostras para medir a concentração do processo.

Conheça mais sobre o Condutivímetro Inline da Baumer!

 

  • Portátil: é o modelo mais indicado para a realização de medições de qualidade em água, seja em poços ou estações de tratamento. Em outros casos, um condutivímetro portátil também é usado para fazer medições em materiais com soluções químicas de menor potencial — como cosméticos, fórmulas químicas simples e até alimentos.

 

  • Tipo bancada: equipamento direcionado para medições de grande porte. Muitas empresas eletrônicas ou indústrias responsáveis por manusear altos índices de formulações químicas usam o condutivímetro de bancada.

 

  • Condutivímetro de bolso: é o mais simples e, pode ser levado para qualquer lugar, principalmente para atividades em campo. Áreas com circuitos impressos, estações de tratamento de água, baterias ou locais que fazem uso de água destilada são alguns dos locais em que o condutivímetro de bolso é usado.

Como a ferramenta tem enfoque em apresentar resultados com o máximo de precisão, é altamente indicado que o cuidado com o condutivímetro seja seguido em todos os parâmetros. Evitar o contato com sólidos não tão dissolvidos, substâncias corrosivas ou que potencializem o efeito elétrico do equipamento e também do material avaliado. O uso adequado de recursos de limpeza para os eletrodos são medidas essenciais.

Condutivímetro e o Processo Clean Place (CIP)

 

A operação de limpeza é a última etapa de um ciclo de processo não estéril e geralmente consiste em utilização de uma combinação de produtos ácidos, alcalinos, detergentes e sanitizantes sendo esta limpeza um dos fatores mais importantes para assegurar a qualidade do produto manufaturado.

O método CIP foi desenvolvido para a limpeza e desinfecção automática das máquinas de envase e equipamentos de processamento, sem a necessidade de montagem e desmontagem das peças. O sistema trabalha circulando e re-circulando automaticamente detergentes e soluções de enxágue até a limpeza total e sanitização em circuito fechado.

Ou seja, trata-se de um sistema inteligente que faz ajustes contínuos nas operações, garantindo os mais elevados níveis de desempenho, o que reduz com precisão o risco de erro humano, sem comprometer os níveis de segurança dos alimentos. Diferente do que acontece com as outras categorias.

Benefícios do Processo Clean in Place (CIP):

 

  • Reduz os custos de operação da CIP: utilização eficiente de recursos materiais e maior produtividade;
  • Segurança Alimentar: apresenta o controle preciso do processo de limpeza e segurança do processo de sensores;
  • Processo CIP simplificado: é de fácil configuração, pronto para utilizar adaptadores de processo e variantes de design.

Clique aqui e conheça outros  benefícios do condutivímetro na indústria!