Case: Como é o uso da chave de nível na indústria cervejeira Carlsberg

Em uma parceria realizada há alguns anos, a Baumer elaborou um projeto utilizando a chave de nível que solucionou o problema que a cervejaria Carlsberg tinha com o fermento restante no processo industrial. Veja como foi todo o processo:

A Carlsberg.

A cervejaria Carlsberg foi fundada em 1847 e é hoje a quarta maior cervejaria do mundo.

O centro de produção e distribuição está localizado na Dinamarca e produz 2,2 milhões de hectolitros de cerveja anualmente e emprega cerca de 45 mil funcionários. Todos os dias a Carlsberg vende cerca de 120 milhões cervejas em todo o mundo.

A Baumer fornece instrumentação à Carlsberg há mais de 10 anos.

O desafio no processo de fermentação.

chave de nivel cervejaria

Fermentação é o processo pelo qual a levedura converte a glicose em álcool e gás carbônico fornecendo à cerveja seu teor alcoólico e sua carbonatação. Quando a fermentação está quase completa (o processo leva cerca de 4 a 6 dias), a maior parte do fermento se depositará no fundo do tanque de fermentação. O fermento é então removido e reutilizado para vários processos antes de ser finalmente armazenado em um tanque de excesso de levedura e vendido como ração animal.

Nesta fase final de enchimento do tanque de excesso de levedura, a Carlsberg enfrentava problemas de transbordamento devido ao forte acúmulo de espuma que impedia o acionamento dos garfos vibratórios tradicionais.

A solução para Carlsberg foi usar a CleverLevel para detectar o nível de enchimento nos tanques de levedura. A CleverLevel usa a tecnologia de varredura de frequência e é uma chave de nível universal para todos os tipos de mídia, seja ela úmida, seca ou, neste caso, espumosa.

A CleverLevel não requer manutenção devido à profundidade mínima de instalação de 15 mm e por ter a ponta do sensor de drenagem automática. A chave de nível é aprovada para os padrões 3A e EHEDG e pode ser configurada visualmente e facilmente através de software dedicado e o FlexProgrammer.

A faixa de comutação pode ser ajustada conforme necessário para ignorar as espumas durante o monitoramento. Esta função também pode ser usada para ignorar substâncias aderentes, como, por exemplo, em tanques com chocolate líquido. Mesmo quando o tanque está vazio, o sensor e a parede do tanque estão cobertas com chocolate. Quando configurado de maneira correta, a CleverLevel será apenas acionada quando o tanque ficar realmente cheio ou vazio.

A CleverLevel pode ser usada durante todo o processo, desde quando a cevada chega ao tanque de armazenamento até a cerveja acabada.

A mudança do garfo tradicional para a CleverLevel eliminou completamente o problema com o excesso nos tanques de levedura. O benefício para Carlsberg também se mostrou mais ecologicamente correto, pois o fermento que sobra não entra no sistema de esgoto devido ao transbordamento. E claro, o benefício final para a Carlsberg foi enorme em economia de gastos devido à otimização do processo e por ter menos necessidade de manutenção.