A história dos Encoders Heavy Duty

 

Os Encoders funcionam basicamente como sensores que convertem o movimento mecânico em sinais elétricos. Eles foram criados para monitorar movimentações de braços robóticos, mesas lineares, mesas giratórias, fornecendo um conjunto de dados para sistemas numéricos. Essas informações são utilizadas para medição de distância, ângulos, paradas e velocidade de rotação, entre outras funções.

 

Para aplicações em linhas industriais pesadas, existem os Encoders HeavyDuty que garantem mais durabilidade, flexibilidade e robustez, mesmo em ambientes inóspitos. Esse tipo de encoder se notabilizou em indústrias pesadas como a petroquímica, siderúrgica, mineradora, madeireira, portuária, de fabricação de papel e aviação. A Baumer, inclusive, passou a fornecer encoders para a empresa AirBus a partir de 1987.

 

Uma marca alemã, no entanto, se destacava na produção destes sensores: a Hubner. Sinônimo de excelência em tecnologia industrial desde 1917, a Hubner Berlin Group foi adquirida pela Baumer em 2002 como projeto de expansão de mercado da Baumer. Assim, somou-se a excelência tecnológica da Hubner à inovação da Baumer e os encoders HeavyDuty se tornaram referências mundiais em qualidade, precisão e durabilidade.

 

Hoje, são três centros produtivos na Alemanha e um na Suíça com mais de 250 engenheiros de P&D que trabalham intensamente para oferecer o maior portfólio de sensores de movimento do mundo. Além dos Encoders Heavy Duty , o portfólio também inclui Inclinômetros, Tacogeradores, Chaves de Velocidade, Encoders miniatura, Multiturn ou Singleturn, Magnéticos ou ópticos, Incrementais ou senoidais.

 

Conheça nossos modelos de encoders e suas aplicações.